Saúde em São Tomé e Príncipe | Médicos estrangeiros e parcerias garantem infraestrutura mínima

Profissionais estrangeiros ajudam na formação e manutenção do sistema de saúde em São Tomé e Príncipe./ Foto: Divulgação / IMVF

Profissionais estrangeiros ajudam na formação e manutenção do sistema de saúde em São Tomé e Príncipe./ Foto: Divulgação / IMVF

A série de reportagem Saúde em São Tomé e Príncipe traz nesta semana um panorama de como o sistema de saúde são-tomense funciona. Graças a parcerias e a organizações estrangeiras, o país consegue manter uma infraestrutura mínima de atendimento. Acompanhe na reportagem produzida por Thiago Melo.

A actual infraestrutura do sistema de saúde são-tomense tem sido garantida, ao longo dos anos, por diversas parcerias e instituições estrangeiras que actuam nas duas ilhas. Entre estas instituições está a organização Médicos Sem Fronteiras, a Cruz Vermelha Internacional e, há pelo menos 25 anos, a organização não governamental portuguesa Instituto Marques de Valle Flôr (IMVF).

Em todos esses anos de actividade, a partir de recursos portugueses e da comunidade europeia, o IMVF já actuou em todos os níveis do sistema sanitário de São Tomé e Príncipe. Edgar Neves, representante do instituto em São Tomé, explica que a preocupação inicial foi estruturar o sistema de saúde do país, tornando-o funcional, a partir da formação de profissionais, habilitação dos centros de atendimento com equipamentos e meios para diagnósticos, e, o fornecimento regular de medicamentos.

Algumas destas acções fazem parte do programa Saúde para Todos, que há anos é realizado pela ONG no país. Em 2012, o programa foi prolongado até dezembro de 2015, afim de promover os cuidados preventivos e primários nos sete distritos das ilhas. De acordo com Edgar, a intenção do projeto era capacitar os profissionais para atuarem no país, assim como levar os cuidados à população, desenvolvendo um sistema autónomo que se pudesse estabelecer ao longo dos anos. Estão sendo beneficiados pelo menos 769 profissionais e técnicos de saúde são-tomenses e a totalidade da população das ilhas, que chega a quase 180 mil habitantes.

Mas a precariedade do sistema sanitário do país e a falta de médicos especialistas fez com que a organização estabelecesse também o programa Saúde para Todos – Especialidade, oferecendo serviços de atendimento e cirurgia em diversas áreas médicas. Edgar relata que o projecto foi necessário também para diminuir a evacuação de doentes para o exterior, principalmente para Portugal, que recebe a maior parte dos pacientes que não conseguem tratamento nas ilhas.

Trabalham actualmente no projecto, pelo menos, 100 profissionais de 20 especialidades diferentes. Alguns deles nem precisam viajar para realizarem os atendimentos, pois há 3 anos funciona um sistema de telemedicina que facilita o trabalho médico. “Precisamos digitalizar todo o sistema de exames para implementar a telemedicina. A partir daí, as consultas podem ser feitas à distância. Caso seja preciso uma cirurgia, esta é agendada e o médico vem a São Tomé a realizar “, explica Neves, que assegura que a oferta de consultas de especialidade já diminuiu consideravelmente a evacuação de pacientes para fora do país. “Apenas as especialidades de gastro e neurologia ainda têm sido motivo de evacuação médica. Os clínicos e cirurgiões gerais vão resolvendo muita coisa, mas há casos que só os especialistas podem resolver”.

Na opinião de Edgar, além de garantir os investimentos necessários e a formação dos profissionais em São Tomé, para desenvolver um sistema de saúde eficaz é preciso estimular os profissionais nativos. “Ao longo desses anos todos, percebemos que é preciso estimulá-los do ponto de vista profissional, mas também material, de maneira a que eles permaneçam no país. Por isso, damos preferência aos locais, quando temos pessoal aqui”, conclui.

Texto: Thiago Melo

Esta produção só foi possível realizar graças ao programa de formação jornalística, Beyond Your World, o qual é financiado pela Comissão Europeia e pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros Holandês

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s