Ataques em Paris | O Islã nada tem a ver com o terrorismo

1447502476_094158_1447512912_sumario_normal

O centro de Paris viveu noite de terror e pânico. Ação foi de autoria do Estado Islâmico, conforme os líderes do grupo confirmaram no dia seguinte por meio de um comunicado./ Foto: EFE

Os ataques que ocorreram em Paris na última sexta-feria, dia 13, trouxeram à tona novamente a discussão sobre a relação entre o Islã e o terrorismo.

A morte de 129 pessoas em ataques simultâneos teve autoria confirmada pelo próprio Estado Islâmico, que emitiu comunicado informando que pretende seguir com mais ataques na França. Mas, em nome de quem eles praticam estes crimes? Em nome de Ala? Provavelmente não deve ser o mesmo Deus que bilhões de muçulmanos seguem e acreditam em sua religião. Não é em nome desta fé que estes ataques são orquestrados.

ei109

Logo após o terror ter se instalado na capital francesa, milhares de muçulmanos iniciaram uma campanha nas redes sociais afirmando que não concordam com estes ataques e que dão todo apoio à França.

Em suas redes sociais eles diziam: “Sou muçulmano. E condeno os ataques em Paris. Outros 1,5 bilhões de muçulmanos também. Por favor, lembre-se disto”.

12226954_991006724289048_914729193359603983_n Screen Shot 2015-11-15 at 02.34.13 Screen Shot 2015-11-15 at 02.34.22 Screen Shot 2015-11-15 at 02.34.35

Os ataques terroristas de autoria do Estado Islâmico e outras facções do Oriente Médio, a meu ver, estão relacionados a um fator principal: o fundamentalismo religioso. Estes grupos buscam a qualquer custo o poder e entendem que praticando o terrorismo estão purificando o ocidente, dominado por potências como Estados Unidos e países europeus como França, Alemanha e Reino Unido. Isto está claro em todas as mensagens que estas facções mandam a estes países.

O extremismo praticando pelo Estado Islâmico, que já matou outras milhares de pessoas em países como a Síria e o Iraque, por exemplo, nada tem a ver com a fé partilhada pelas centenas de milhares de muçulmanos no mundo inteiro. O terrorismo não tem religião, mas uma ideologia que prega a morte e a destruição.

Antes dos ataques, uma outra campanha na internet buscou desconstruir os esteriótipos sobre os muçulmanos. Assista ao vídeo:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s