Arquivo da categoria: Brasil

Brasil | A lama das mineradoras Samarco e Vale agora está no Atlântico

REGENCIA/ES 22-11-2015 CIDADES BARRAGEM LAMA MAR A lama de rejeitos de minério que vazou da barragem da Samarco - cujos donos são a Vale a anglo-australiana BHP Billiton - em Mariana (MG) já chegou ao mar, neste domingo (22), após passar pelo trecho do Rio Doce no distrito de Regência, em Linhares, no Norte do Espírito Santo, segundo o Serviço Geológico do Brasil. FOTO GABRIELA BILO / ESTADAO

A lama de rejeitos de minério que vazou da barragem da Samarco – cujos donos são a Vale a anglo-australiana BHP Billiton – em Mariana (MG) já chegou ao mar, neste domingo (22)./ (FOTO: GABRIELA BILO / ESTADAO)

Depois do rompimento das barragens da mineradora Samarco/Vale, em Minas Gerais, e a destruição de vilarejos inteiros, morte e desaparecimento de pessoas, há três semanas, o que mais se temia aconteceu neste domingo, 22. A lama de rejeitos da mineração, altamente poluentes para o meio ambiente, chegou ao oceano Atlântico.

Continuar lendo

Anúncios

Brasil | Mulheres negras vivem momento histórico contra o racismo, a violência e pelo bem viver

Brasília - Marcha das Mulheres Negras Contra o Racismo, a Violência e pelo Bem Viver em Brasília, reúne mulheres de todos os estados e regiões do Brasil (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Brasília – Marcha das Mulheres Negras Contra o Racismo, a Violência e pelo Bem Viver reúne mulheres de todos os estados e regiões do Brasil (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

A luta das mulheres negras registrou nesta quarta, dia 18, um novo capítulo na história do Brasil e da América Latina. Pelo menos 30 mil pessoas participaram da Marcha das Mulheres Negras, em Brasília, que percorreu 7km em direção ao Congresso Nacional. Esta foi a primeira vez que negras do país inteiro se uniram numa mesma manifestação contra o racismo e a violência. Estas foram as principais bandeiras da marcha, cujo tema foi “Contra o Racismo, a Violência e pelo Bem Viver”.

Continuar lendo

Brasil | Segregação racial no Rio de Janeiro representada em mapas da cidade

jjs

Levantamento feito por estudante de Geografia da USP identificou nos mapas do Rio de Janeiro a segregação racial na cidade./ Imagem: Reprodução / Hugo Nicolau Barbosa.

Há uma divisão racial muito clara na cidade do Rio de Janeiro, mais especificamente por zonas da cidade. Esta é uma das principais conclusões do levantamento feito pelo estudante de Geografia Hugo Nicolau Barbosa, da Universidade de São Paulo, que recentemente mapeou a capital carioca de acordo com dados do último censo, de 2010, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

Continuar lendo

Desastre Ambiental | Somos Todos Mariana

Cidade de Bento Rodrigues que foi destruída pelo rompimento da barragem da mineradora Samarco. FOTO: MÁRCIO FERNANDES/ESTADÃO

Cidade de Bento Rodrigues, nos arredores de Mariana, que foi destruída pelo rompimento da barragem da mineradora Samarco. FOTO: MÁRCIO FERNANDES/ESTADÃO

A cidade de Mariana, no interior de Minas Gerais, é cenário de um dos maiores desastres ambientais da história do Brasil. Provocado pelo rompimento de barragens da mineradora Samarco/Vale, este desastre praticamente varreu a cidade do mapa, assim como soterrou o Rio Doce, que banhava a cidade, anulando qualquer possibilidade de vida animal neste bioma.

Continuar lendo

Brasil | Quanto vale um desastre ambiental?

Casa em Mariana, distrito de Minas Gerais, completamente soterrada pela lama da mineradora Samarco.

Casa em Mariana, distrito de Minas Gerais, completamente soterrada pela lama da mineradora Samarco.

Esta semana foi marcada por um dos maiores desastres ambientais da história do Brasil: o rompimento das barragens da mineradora Samarco/Vale no Rio Doce, situado no distrito de Mariana, Minas Gerais. Trata-se de um desastre sem precedentes. Até agora já foram registrados nove mortos e pelo menos 18 desaparecidos. Mas o desastre vai mais além. O rompimento das barragens provocou uma inundação que varreu a cidade e, claramente, eliminou o Rio Doce, que agora está “cimentado”.

Continuar lendo